Indústria naval - Portugal Pós 2020

---

A convite do Senhor Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, a AIN participou no dia 13 de Novembro numa mesa redonda, realizada no IPC de Santarém, que contou ainda com a participação dos Ministros Adjunto, do Planeamento e das Infraestruturas, do Ambiente e do Mar, com o intuito de discutir o Futuro da Política de Coesão no Portugal pós 2020.

No período de 3 minutos que foi concedido, a AIN focou a sua intervenção nos seguintes aspetos:

• Contributo da Economia do Mar para a economia do país (Conta Satélite do Mar - 3,1% do VAB e 3,6% do emprego no quadriénio 2010 – 2013).

• Forte crescimento na indústria de manutenção/reparação e construção naval, nos últimos três anos, dos VN e VAB, como também do emprego: No ano de 2015, último ano publicado pelo INE, o VN e o VAB cresceram acima de 30 %, relativamente ao ano anterior e o emprego cresceu 7,2 %.

• O país ter condições geoestratégicas e clima excecionais para o exercício das atividades de manutenção e construção naval e dispõe de capacidades de produção, investigação e inovação ao maior nível.

• Existirem manifestações dos estaleiros nacionais em investir na criação de novas atividades, tecnologicamente mais exigentes e no aumento de capacidade das infraestruturas de manutenção/construção existentes.

Mais informações sobre a nossa visão de como se pode contribuir para o objetivo: Reforçar o potencial económico estratégico da Economia do Mar, no Portugal Pós 2020, pode ser lido em Indústria naval - Portugal Pós 2020.

Documentos

DocumentoTipoTamanho
Indústria naval - Portugal Pós 2020pdf749.54 KB